– passou na sic, ontem e na segunda, um trabalho sobre os bastidores dos jogos do euro 2004. muito engraçado, porque mostrou aquilo que habitualmente está vedado ao espectador – o balneário e as palestras. e realmente, a grande diferença entre o profissional e o amador está na qualidade de condições que uns têm e outros não. na hora da verdade, é tudo igual. os nervos, os risos, as bocas, as palestras. e a grande ansiedade com que se percorre aqueles milhares de quilómetros, que separam o balneário do terreno de jogo. até consigo sentir, mesmo agora, um formigueiro na barriga.